Maria-Sem-Vergonha: saiba tudo sobre essa flor

Maria-Sem-Vergonha: saiba tudo sobre essa flor

A Maria-sem-vergonha, Beijinho ou Vinca é uma plantinha super florida e pouco exigente, que nasce e resiste em diversos tipos de solos e climas. É ideal para quem procura uma rotina de regas e cuidados simples e sem grandes mistérios, e ainda assim ter um jardim cheio de flores.

Ela pode chegar até 60 cm de altura e suas flores vem em vários tons de branco, vermelho, rosa, roxo e laranja, podendo também ter nuances de duas cores na mesma flor, com matizes delicados.

Veja como cuidar da sua e alegrar sua varanda ou seu quintal durante o ano inteiro.

 

Como cuidar da minha Maria-sem-vergonha?

Essa flor gosta muito de sol e terra úmida. Então, para ter uma planta farta e cheia de flores, são necessários alguns cuidados básicos. São eles:

 

Sol

No verão quente do Brasil a Maria-sem-vergonha sobrevive bem debaixo do sol constante. Entretanto, é interessante sempre observar sua planta para verificar que ela não queime com raios de sol de inferência direta nas folhas e flores. No inverno ela consegue ficar debaixo do sol direto sem problemas.

 

Regas

As regas devem ser de 3 a 5 vezes na semana durante o verão, e a cada 4 dias durante o inverno. Sempre preste atenção a terra e regue sempre que perceber que ela estiver muito seca.

Se a cultivar em vaso, certifique-se de que ela tem um sistema eficiente de drenagem (os famosos “furinhos”).

 

Terra

Apesar de a Maria-sem-vergonha sobreviver bem em qualquer lugar, é interessante prestar atenção à adubação e fertilização da terra para ter uma florada colorida e farta com lindas folhas verde-escuro.

 

Podas

Você vai perceber que as podas são um fator determinante para a fartura da sua plantinha. Corte sempre perto das ramificações para que a planta cresça nas laterais. E o mais incrível é que você pode usar os galhos podados para fazer outras mudas.

Outra dica valiosa é cortar a metade de algumas folhas para que a planta gaste menos energia, levando os nutrientes da terra até o topo.

 

Mudas

Fazer mudas de Maria-sem-vergonha também é um processo simples e relaxante. Observando sua plantinha, você verá que na intersecção dos galhos há sempre um nódulo de onde nascem pequenas folhas em formato de vagem. Dentro delas encontram-se as sementinhas.

Há duas formas de criar mudas através da sua planta. Uma delas é, como falamos, cortando diretamente galhos um pouco acima das intersecções para que a planta cresça em direção às laterais. Esses galhos devem ser então plantados em vasos separados.

E a maneira tradicional, que é retirar as sementes de dentro da vagem (elas podem ser colhidas ainda verdes) e replantar também em vasos separados ou diretamente na terra. Seja com galhos ou com sementes, a recomendação de cuidados é bem parecida.

Se for plantar em vasos, é importante que seja um vaso espaçoso para permitir que a planta cresça. Ele deve também ter vários furinhos na parte de baixo para deixar escorrer o excesso de água. Usar brita com tecido em cima e areia antes de colocar a terra também ajuda a criar um sistema mais eficiente de drenagem.

 

Quando ela floresce?

Com os cuidados certos essa planta pode florescer durante todo o ano. Ela é perene, o que significa que seu ciclo de vida é longo e pode durar mais de dois anos. Mesmo depois desse período, caso a planta fique menor ou perca seu aspecto original, um simples replantio com outra terra pode resolver o problema!

 

Ficou interessado por essa plantinha? Então acesse nosso blog para ficar por dentro de todas as dicas ou entre em contato conosco através do nosso WhatsApp.



Precisa de ajuda?