Veja como podar e cuidar de suas roseiras

Veja como podar e cuidar de suas roseiras

Flores são belas, trazem alegrias aos ambientes internos ou externos, fazem bem ao emocional, perfumam o ambiente e podem ser utilizadas até para a fabricação de medicamentos e cosméticos. Quantas funções positivas dessas pétalas coloridas que encantam aos nossos olhos, não acham?

Quem é apreciador dessas encantadoras plantas sabe bem como elas trazem benefícios para a nossa saúde e contribuem de modo efetivo para a qualidade de vida e bem-estar. Elas podem estar presentes nos mais diferentes momentos de nossas vidas, participando de modo efetivo em ocasiões especiais.

Particularidades das roseiras

E o que vamos conhecer agora são os principais cuidados que é preciso ter no cultivo das rosas. Estamos falando de uma flor que tem uma grande bagagem de simbolismo cultural, ocupando um lugar de destaques na mitologia, na religião e também no dia a dia de diversos povos na vida em sociedade.

As características que mais se destacam dessa sublime flor são a variedade de cores, formatos e uma estrutura que pode atingir até dois metros de altura. Elas podem ser encontradas com folhas mais ovaladas, planas, em formato de dentes, entre outras. Já a sua coloração vai desde a vermelha, a mais conhecida, até as brancas, azuis, amarelas, rosas e violetas.

Principais cuidados para ela se manter saudável

Qualquer tipo de planta necessita de cuidados e atenção especiais e específicos para que possa crescer com saúde e poder oferecer tudo o que tem de melhor, principalmente em relação às podas. As roseiras, por sua vez, precisam de determinadas especificidades.

Veja como você pode manter as suas rosas sempre saudáveis e bonitas:

Realizar podas de manutenção

Diante da presença de flores murchas, galhos e folhas secas e alguma má formação, é preciso fazer a retirada dessas partes para que elas não atrapalhem o desenvolvimento da roseira como um todo. É possível afirmar, portanto, que as rosas mostram quando carecem desse tipo de poda, então torna-se fácil identificar o momento certo.

Não se esquecer das podas anuais para sua formação

Para que a roseira produza novos galhos e esteja forte para gerar as flores durante o verão e a primavera, é necessário fazer este tipo de poda, que se caracteriza por deixar apenas cerca de 20 centímetros de galho a partir do solo. Normalmente, a poda anual é realizada no final de julho ou início de julho.

Utilizar materiais corretos

O uso de equipamentos errados pode comprometer a qualidade da poda e o desenvolvimento da planta. Sendo assim, quando chegar o momento de podar a sua roseira, saiba que é necessário o uso de tesouras compatíveis com a espessura dos galhos a serem podados, além de lâminas afiadas para não mastigar e danificar o galho, lembrando que a indicação de corte é sempre na diagonal.

Para se beneficiar do que as plantas têm de melhor

As plantas merecem cuidados especiais para poderem crescer fortes e bonitas. E nós do Jardim Park oferecemos todas as informações e produtos de qualidade para que os clientes consigam usufruir de tudo isso.

Se você quiser conferir outros textos sobre plantas, é só acessar o nosso blog. Além disso, caso tenha ficado com alguma dúvida, entre em contato com a nossa equipe pelo WhatsApp, para que possamos te ajudar!



Precisa de ajuda?