Suculentas: A planta do momento

Suculentas: A planta do momento

Apesar de resistentes, as “queridinhas” do momento exigem alguns cuidados. Fáceis de cuidar, elas costumam resistir mesmo aos donos com pouco tempo, o que não quer dizer que saber mais sobre elas e sobre como cultivá-las não seja útil para mantê-las saudáveis e vivas por ainda mais tempo.

Mas suculentas, o que são afinal?

O termo suculentas é usado de forma popular. As plantas suculentas são um tipo de planta que retém muito líquido, por isso o nome suculenta. São típicas do continente africano, mas podem ser facilmente encontradas também aqui no Brasil. As suculentas podem ficar dias expostas ao sol sem precisar de tanta água quanto outros tipos. Normalmente são confundidas com os cactos, mas não são a mesma coisa. Os cactos normalmente são reconhecidos pelos espinhos, mesmo que nem todas as espécies tenham, e as suculentas são mais reconhecidas pelas folhas mais “gordinhas”, mesmo que algumas espécies tenham a aparência de cactos.

Para plantar uma suculenta, basta escolher um recipiente com furos de drenagem para a água e um substrato especial para suculenta. Caso o vaso seja grande, coloque argila expandida em seu fundo, antes de colocar o substrato, para facilitar a drenagem. Com o vaso original de suculenta de cabeça para baixo, bata no fundo até que ela se solte juntamente com seu torrão (terra e raízes). Em seguida plante a muda de suculenta no vaso novo com substrato, tomando cuidado para não cobrir as folhas. Logo após o plantio, bata nas laterais para acomodar o substrato, garantindo o melhor contato com a raiz da planta. Se desejar pode decorar o seu arranjo com pedriscos, além de decorar, evita-se a rápida evaporação da água.

Porém caso objetivo não seja replantar e sim propagar a suculenta, basta utilizar o mesmo substrato. Nele, você terá que deitar folhas saudáveis da plantas, porém não pode enterra-las. Borrife água sobre elas uma vez por semana. Com cerca de dois meses, você vai obter novas mudas de suculentas para replantar em outros vasos.

As suculentas são mais fáceis de cuidar que a maioria das plantas, mas engana-se quem acha que as suculentas não precisam de cuidados específicos. Entre os erros mais comuns, é a falta de sol e a presença de pragas. O mais comum é o pulgão, um organismo pequeno esbranquiçado que suga a seiva da planta. Caso perceba a presença de pragas, isole a suculenta afetada e remova com óleo de Neem, pulverizando o produto na planta a cada rega até o problema desaparecer.

Vamos para algumas dicas para suas suculentas ficarem sempre lindas!!

  • Lembre-se que as suculentas sofrem mais com o excesso do que a falta de água;
  • Vasos de cerâmica normalmente precisam de rega mais frequentes, devido ao sistema de drenagem;
  • Na hora de regar, evite molhar as folhas para que elas não apodreçam;
  • Procure adubar o vaso de tempos em tempos. Para isso, coloque adubo do tipo NPK sobre a terra para que ele vá liberando seus nutrientes com as regas;
  • Sempre fique de olho nas plantas a fim identificar possíveis pragas antes que se espalhem;

Agora com todas as dicas vamos cuidar das nossas “queridinhas”.

Mãos a obra!!!



Precisa de ajuda?