Quais são as plantas de interior?

Quais são as plantas de interior?

A utilização de plantas para complementar a decoração de espaços domiciliares e de trabalho é uma tendência que ganhou força nos últimos anos.

No entanto, antes de apostar nessa ideia, é necessário saber quais são as plantas de interior, espécies que apresentam necessidades ideais para espaços mais fechados.

Confira, nos próximos tópicos, algumas opções e dicas. Vamos lá!

 

Plantas de interior: ervas e temperos

Uma boa opção de plantas de interior são as espécies comestíveis, especialmente aquelas que podem ser utilizadas para chás e como temperos.

A cozinha é o espaço ideal para manter esse tipo de planta, no entanto, elas também ficam bem em locais com correntes de ventos mais intensas, como a lavanderia e a varanda.

Além de serem opções práticas para o dia a dia, pois não requerem cuidados muito complexos, as plantas comestíveis tornam o ambiente mais bonito e ainda oferecem a vantagem de ter ervas e temperos sempre frescos e disponíveis.

Como exemplo, podemos citar o alecrim, as pimentas, as hortelãs, o manjericão e o coentro.

 

Plantas ornamentais: beleza e praticidade

Suculentas e cactos

As plantas do grupo das cactáceas e das suculentas são sempre opções visadas quando se fala em ambientes internos. Por isso, esse tipo de planta é bastante utilizado para decorar espaços mais fechados.

Além de se adaptarem bem sem luz solar direta, os cactos e suculentas demandam poucos cuidados e são mais fáceis de manter. Seja para criar pequenos jardins ou colocá-las em locais estratégicos, esse tipo de planta é perfeito para ficar dentro de casa.

 

Samambaia

As samambaias são plantas muito buscadas para compor espaços internos. Como protagonista da decoração paisagística de um determinado ambiente, essa planta chama bastante atenção, especialmente quando colocada em lugares mais altos para dar destaque.

Como planta de interior, a samambaia necessita de alguns cuidados. Locais onde há excesso de correntes de ventos, por exemplo, podem danificar e ressecar as suas folhas.

Além disso, a umidade deve ser mantida em equilíbrio: não pode ser regada em excesso e nem ficar muitos dias sem água. O ideal é que essa planta receba luz solar indiretamente, pois suas folhas podem secar com facilidade.

 

Comigo ninguém pode

Famosa por seus significados místicos, a Comigo ninguém pode é uma espécie ideal para ficar dentro de casa. De beleza chamativa e cuidados práticos, essa planta é recomendada para espaços com bastante sombra e luz solar indireta.

Áreas de estar, jardineiras internas, arranjos debaixo de escadas, espaços nas proximidades das janelas e portas são exemplos de bons locais para colocar a planta.

No entanto, a Comigo ninguém pode requer muita atenção, especialmente em locais onde haja crianças pequenas e animais, já que essa planta é extremamente tóxica e quando ingerida pode ser mortal. Em situações como essa, a planta deve ser mantida em um lugar inacessível para evitar acidentes.

Neste artigo, você conferiu algumas opções de plantas ideais para espaços interiores. Ainda tem dúvidas ou não sabe qual é a melhor alternativa para você? Entre, agora, em contato por meio do nosso WhatsApp!



Precisa de ajuda?