Espada de São Jorge: saiba quais cuidados você deve tomar

Espada de São Jorge: saiba quais cuidados você deve tomar

Usada na decoração de ambientes externos e internos, a Espada de São Jorge é uma planta muito querida no Brasil, principalmente por ser conhecida na tradição popular como detentora de uma forte capacidade de proteção contra energias negativas e mau-olhado, além de atrair positividade para o ambiente.

Cientificamente falando, esta planta possui um grande potencial de filtragem do ar, produzindo oxigênio no período noturno e removendo toxinas do ar. Além disso, é uma planta resistente de fácil cultivo e manutenção, adaptando-se bem a qualquer ambiente.

Então, que tal aproveitar toda beleza estética e benefícios ao ambiente desta planta? Vamos compartilhar com você os cuidados fundamentais para plantar e cultivar a Espada de São Jorge. Mas, antes, vamos conhecer um pouco sobre ela. Acompanhe!

 

A Espada de São Jorge

A Sansevieria zeylanica, conhecida popularmente como Espada de São Jorge ou Espada de Ogum, tem como característica principal sua tonalidade rajada em verde-escuro e as folhas rígidas e pontudas, chegando em média a 80cm de altura.

 

Além da tradicional Espada de São Jorge, algumas variações do gênero Sansevieria também são muito populares nos lares brasileiros, como estes:

• A Sansevieria trifasciata, nome científico da Espada de Santa Bárbara ou de Iansã, possui bordas amarelas por toda a extensão da folha e em algumas localidades recebe o nome de rabo de lagarto ou língua de sogra.

• Sansevieria cylindrica, a Lança de São Jorge, tem as folhas em formato cilíndrico e pontas arredondadas.

• Sansevieria trifasciata variação hahnii, conhecida como mini espada de São Jorge ou estrela de Ogum, sua altura máxima é de 10 cm e possui a aparência de uma coroa.

 

Plantando sua Espada de São Jorge

Para plantar pela primeira vez a sua espada de São Jorge, escolha um recipiente com a boca larga, coloque uma camada de argila expandida para equilibrar a retenção de umidade.

Coloque então um substrato com boa drenagem ou a terra previamente adubada, em seguida plante as mudas, não esqueça de regar assim que fizer o plantio.

 

Onde e como cultivar as espécies de Espadas de São Jorge

A espada de São Jorge e as variações do gênero Sansevieria podem ser cultivadas como plantas ornamentais em jardins, quartos, salas e até banheiros ou lavabos.

Se desejar plantar no jardim com contato direto com o solo não há problema, assim como em vasos, elas se adaptam bem. Possui uma boa resistência a ar condicionado e fumaça, porém não é recomendado ambientes sem janelas e ventilação.
Cuidados com a espada de São Jorge

Apesar de adaptável e muito resistente, o excesso de água faz mal as suas raízes, se sua espada de São Jorge estiver saudável é recomendado regar apenas uma vez a cada 20 dias e em épocas do ano com mais umidade no ar pode aumentar os intervalos, sempre observando a umidade retida no solo.

Também é importante frisar que esta planta é tóxica quando ingerida, sendo perigosa principalmente em ambientes com crianças pequenas e animais domésticos.

A espada de São Jorge prefere vasos de cerâmica e barro, devido a sua porosidade que permite melhor drenagem. Para manter ela saudável, também observe a qualidade da terra, principalmente na primavera e no verão. Faça adubação esporádica e retire regularmente as folhas secas.

 

Gostou das nossas dicas? Acompanhe nosso blog para ter acesso a mais informações de como cuidar das suas plantas, e se ficar com alguma dúvida, entre em contato conosco através do WhatsApp. Será um prazer ajudar!



Precisa de ajuda?