Dicas e cuidados para cultivar lírio em casa

Dicas e cuidados para cultivar lírio em casa

Os lírios, originários da Ásia, Europa e da América do Norte, são, sem dúvidas, umas das mais belas e queridas espécies dos admiradores de plantas. Com suas cores vibrantes e variadas, seu perfume e sua beleza única, são uma excelente opção para quem gosta de utilizar flores na decoração, em belos arranjos, vasos, buquês e no jardim.

A seguir, conheça mais sobre essa planta e descubra dicas e cuidados para cultivar lírios em casa:

As melhores espécies de lírios para cultivar em casa

 

Atualmente, são mais de 100 espécies de lírios catalogadas em todo mundo, disponíveis nas mais variadas cores e podendo atingir até 2 metros de altura. Porém, para serem usados em vasos e jardins, algumas espécies são mais recomendadas que outras:

Lírio asiático

Espécies de flores menores, com cores vibrantes, porém, sem perfume.

Lírio oriental

Ao contrário dos asiáticos, possuem flores grandes e perfumadas e podem ser encontrados nos mais variados tons.

Lírio longuiflorum

Sempre em tons de branco e creme, também possuem flores bem grandes e aroma suave.

Cuidados com o lírio em casa

 

Rega

Nas épocas mais quentes e secas, os lírios devem ser regados de 2 a 3 vezes por semana, enquanto, no inverno, a rega pode ser feita apenas uma vez por semana.

O ideal é regar até que a terra fique úmida, mas sem acumular água, evitando assim o apodrecimento do bulbo.

Iluminação

Para que o lírio cresça e se desenvolva de forma saudável, é importante que receba bastante iluminação, mas que não fique exposto diretamente à luz solar por muito tempo.

O ideal é deixar a planta em locais de meia sombra, onde receba luz durante uma parte do dia, uma vez que, sem ela, o lírio pode se contorcer em direção ao sol, mas, com luz em excesso, suas folhas e flores podem ficar queimadas.

Solo

Para cultivar lírio em casa é preciso mantê-lo no solo certo, que deve ser preparado com uma areia grossa, para auxiliar na drenagem, e adubo orgânico, para fornecer nutrientes.

Quando o lírio começa a crescer, o uso de fertilizantes se faz necessário, porém, com cuidado, pois quando usadas em excesso, substâncias como o nitrogênio, podem enfraquecer o caule, principalmente em climas mais úmidos.

Poda

O processo de poda é bastante importante para que o lírio se torne mais saudável e forte e deve ser feito durante o período de floração da planta.

Com uma tesoura específica, corte as flores e folhas murchas e mortas, deixando pelo menos dois terços da haste. O resíduo da poda pode ser mantido no vaso ou no solo, para que o lírio absorva mais nutrientes, mas é preciso tomar cuidado e estar atento a um possível ataque de pragas ou doenças.

Dicas especiais para cultivar lírios em vasos

Para quem não possui espaço em casa para cultivar o lírio diretamente no solo, mas não abre mão de ter essa bela planta em sua decoração, aqui estão algumas dicas para plantar e cuidar dos lírios em vasos:

 

  • Depois que as flores murcharem e morrerem continue regando o solo por mais ou menos uns três meses e, após esse período, deixe as hastes secarem;

 

  • Com as hastes bem secas, retire o bulbo da terra, coloque-o em saco plástico perfurado e reserve-o em um lugar menos frio da geladeira – como a gaveta de verduras, por exemplo. Mantenha-o lá por quatro meses;

 

  • Ao término desse período, plante os bulbos em um vaso de fácil escoamento e deixe-o em um local arejado por dez dias;

 

  • Passados os dez dias, posicione o vaso em um local bem iluminado e não se esqueça de regar sempre que a terra estiver úmida.

 

Curtiu as nossas dicas? Em nosso blog você encontra muitos outros artigos como esse, com as melhores dicas para o cultivo dos mais variados tipos de plantas. Conheça o nosso blog.



Precisa de ajuda?