Dicas de como cuidar da zamioculca

Dicas de como cuidar da zamioculca

O cotidiano de muitas pessoas é marcado por diversas obrigações, como trabalhar, cuidar da casa e dos filhos, estudar etc. Diante disso, sobra pouco tempo para cuidar do jardim. Mas saiba que existem algumas plantas, como é o caso da zamioculca, que dispensam grande dedicação. Essa é uma planta de fácil cuidado, baixa manutenção e que não exige grandes dotes de jardinagem.

A seguir, conheça melhor a zamioculca e confira algumas dicas de como cuidar dessa planta.

 

Zamioculca: informações gerais

A zamioculca é uma planta exótica, que pertence à família das Aráceas, cuja origem é africana. De um modo geral, as zamioculcas são conhecidas como um tipo de planta resistente e que necessita de poucos cuidados para que se desenvolva de forma saudável.

Inclusive, elas conseguem se desenvolver até mesmo em regiões que apresentam condições críticas, como pouca água e iluminação. Assim sendo, essa planta se apresenta como uma excelente opção para aquela pessoa que não dispõe de muito tempo para se dedicar ao jardim.

 

Simbologia da zamioculca: sucesso financeiro

Vale dizer que a zamioculca é uma planta com significativo valor simbólico. Muitas pessoas a cultivam acreditando que ela é capaz de trazer sucesso financeiro. Tal simbolismo é fruto da tradução da cultura chinesa, que observa que algumas plantas, como o Bambu da Sorte, possuem certos poderes, como a capacidade de trazer sucesso para um projeto e prosperidade. Além disso, acredita-se que a zamioculca pode energizar um ambiente, tornando-o mais leve e saudável.

Por isso, a zamioculca é tão utilizada em determinados lugares, como em áreas internas de loja, salas, corredores, escritórios, entre outros com valor comercial.

 

Como cuidar da zamioculca

Diante do exposto, é bem provável que você tenha passado a desejar cultivar a zamioculca. Então, é super fácil cuidar dessa planta com as dicas que conhecerá a seguir:

– Para garantir que a zamioculca se desenvolva de forma saudável, é fundamental cultivá-la em meia sombra e até mesmo em sombra plena. Por conta disso, não se recomenda cultivá-la em locais abertos, que tenham alta incidência dos raios solares. O ideal, assim, é mantê-la nos canteiros dos jardins ou num ambiente interno;
– O solo para cultivar a zamioculca deve ser rico em matéria orgânica, bem como bem drenado. Observar isso fará com que sua planta seja desenvolvida com saúde;
– A zamioculca deve ser regada de forma intervalada (de 1 a 2 vezes por semana), para manter o solo úmido, mas não encharcado. Assim sendo, deve-se evitar o acúmulo de água, pois pode deixar suas folhas amareladas, bem como apodrecer sua raiz, fazendo com que a planta morra;
– Como a zamioculca não possui um crescimento acelerado, ela dispensa podas com tesoura. No geral, a planta se desenvolve lentamente, ficando arborizada e bonita.

A zamioculca é uma excelente opção de planta para quem não tem muito tempo para se dedicar ao jardim e para quem deseja sorte no campo financeiro, principalmente, pois, como vimos, exige baixa manutenção.

Você gostou deste conteúdo? Então não deixe de acompanhar as publicações em nosso blog. E se você ficou com alguma dúvida sobre o tema, entre em contato conosco.



Precisa de ajuda?