6 passos para preparar o substrato para as suas plantas

6 passos para preparar o substrato para as suas plantas

Caso você queira começar a fazer uma horta ou plantar flores, vai precisar de um bom substrato. E é possível comprar pronto, mas os preparados em casa também são muito recomendados.

Por isso, veja agora os 6 passos para preparar o substrato para suas plantas:

O que o substrato precisa ter?

Antes de mais nada, é preciso mencionar que existem substratos específicos para cada tipo de planta, de forma que o desenvolvimento da planta pode ser melhor. No entanto, existe o substrato genérico, que pode ser utilizado em qualquer tipo de planta e que também funciona muito bem.

Esse tipo de substrato pode ser feito de forma caseira, o que também auxilia na destinação do lixo orgânico e ajuda o meio ambiente.

Quando você vai fazer um substrato, é preciso que tenha algumas características, como:

– Capacidade de ser armazenado;

– Boa capacidade de drenagem;

– pH neutro;

– Densidade baixa;

– Arejado.

Tendo essas características, seu substrato vai ser adequado e vai poder ser utilizado em sua horta e em suas plantações sem problemas.

6 passos para o preparo do substrato

Bom, agora que você já sabe como o substrato precisa ser, é hora de começar o passo a passo para que você consiga produzir um substrato rico em nutrientes e que auxilie no crescimento de suas plantas.

Passo 1:

Misture esterco com cama de aviários e camas de perus. A proporção de esterco deve ser em torno de 50% e toda a composição do substrato, bem como a cama de aviários 30% e a de perus, 15%.

Esses nomes podem parecer estranhos, mas esses componentes são facilmente encontrados nas lojas em que os substratos são comercializados.

Passo 2:

Depois, você precisa peneirar tudo para que as folhas e galhos secos sejam eliminados. Para isso, é indicado o uso de uma peneira que tenha furos mais grossos.

Passo 3:

Acrescente humos de minhoca, não deixando que ultrapasse 40% da composição. Essa etapa é importante para que você desenvolva carbono no composto, para que o substrato tenha boa capacidade de brotamento.

Passo 4:

Então, acrescente farinha de osso, na proporção de 15g do pó para 2 kg de mistura. Se não tiver esse pó, pode utilizar casca de ovo, o que pode ser conseguido em casa.

Compostagem

Passo 5:

É a parte em que você realiza compostagem desse material que produziu até aqui. Para isso, pegue um recipiente grande e que tenha tampa. Nesse recipiente, você vai colocar sobras de alimentos, como:

– Cascas de legumes;

– Restos de orgânicos.

Depois, coloque uma camada do substrato. Com isso, você vai ter camadas orgânicas e camadas com folhas e galhos secos.

Passo 6:

Misture tudo de forma homogênea e molhe de vez em quando, principalmente quando o material estiver muito seco. Repita os passos 5 e 6 até que tenha uma quantidade boa e do seu agrado, sempre arejando se necessário.

Depois de algumas semanas nesse processo, as camadas inferiores já estarão fermentadas e seu substrato vai estar pronto. Continue produzindo para que sempre tenha quando for preciso.

Agora que já sabe como fazer um bom substrato, visite nosso blog para encontrar outros artigos como esse! Além disso, entre em contato conosco pelo WhatsApp e tire suas dúvidas!



Precisa de ajuda?