fbpx

Funcionamento:

Segunda a Quinta, das 8h às 16h
Sexta e Sábado, das 8h às 17h
Domingos e Feriados, das 8h às 13h

  • 6 espécies de suculentas que você precisa conhecer

    5 de janeiro de 2021

    Suculentas estão cada vez mais famosas e são vistas em quase todos os lugares. Assim, é fácil encontrarmos pessoas apaixonadas por essas plantas tão diferentes.

    E engana-se quem pensa que para cultivá-las é preciso ter um enorme jardim. Hoje em dia, estão presentes, inclusive, dentro dos apartamentos, mostrando que não é preciso muito para ter um espaço verde dentro de casa.

    Essas plantas são ótimas para pessoas que trabalham o dia todo e têm pouco tempo livre. Também são excelentes para as que ainda estão começando nesse universo e não levam muito jeito para cuidar de plantas.

    Isso porque, as suculentas armazenam água em suas folhas, podendo suportar longas horas ao sol e não exigindo uma rega frequente.

    No entanto, embora essas plantas sejam resistentes, cada espécie pode preferir um ambiente diferente.

    Hoje, vamos falar sobre seis dessas espécies e suas características. Vamos lá?

    3 ESPÉCIES DE SUCULENTAS INTERNAS

    Essas suculentas costumam crescer melhor em temperatura ambiente, com clima mais seco e com pouca umidade. Além disso, se adaptam muito bem aos diferentes níveis de claridade.

    1. Rabo-de-Burro (Sedum Morganianum)

    Muito fácil de cuidar, essa espécie é perfeita para a decoração da casa. Recebe esse nome porque é capaz de crescer até 10 cm, formando um desenho parecido com o de um rabo ou uma cauda.

    É importante colocar essa suculenta em um vaso drenado e em um local onde suas bordas possam cair e crescer com tranquilidade.

    2. Planta Jade (Crassula Ovata)

    Essa espécie se assemelha muito a um bonsai. Ela possui o tronco grosso e galhos que se projetam para fora, assim como as árvores em miniatura criadas no oriente.

    Com belas folhas verdes e brilhantes, a Planta Jade pode desenvolver pequenas manchas avermelhadas na ponta de suas folhas. Além disso, se bem cuidadas, podem florescer em formato de estrela.

    3. Planta Panda ou Orelha-de-Gato (Kalanchoe Tomentosa)

    Essa espécie super interessante recebe esse nome por ter folhas muito pequenas, felpudas e com pequenas manchas vermelhas nas pontas.

    Uma curiosidade dessa planta é que ela pode florescer nas circunstâncias corretas, mas raramente isso acontece. Então, poucas pessoas têm a oportunidade de ver suas pequenas e belas flores vermelhas.

    3 ESPÉCIES DE SUCULENTAS EXTERNAS

    Essas suculentas podem ser cultivadas também em ambientes internos, mas costumam se dar melhor do lado de fora, principalmente pelo clima e pelo tamanho, já que são maiores e exigem mais espaço.

    1. Planta de Pelúcia (Echeveria Pulvinata)

    Essa planta é coberta por finos pelos brancos que, em contato com o sol, ficam com uma aparência prateada. Quando floresce, essa espécie oferece belas flores alaranjadas.

    Mas é bom ficar atento. Para que a Planta de Pelúcia se desenvolva corretamente, é preciso trocar o pote durante os meses mais quentes do ano, verificando sempre se o solo está completamente seco.

    2. Aloe Aristata ou Planta-Tocha (Aristaloe Aristata)

    O nome é graças ao enorme caule, que se parece muito com uma tocha. No verão, essa espécie costuma florescer, mostrando suas belas flores alaranjadas e vermelhas.

    Quando é bem cuidada, a planta-tocha pode crescer até 50 centímetros, se destacando e trazendo vida ao jardim.

    3. Zwartkop (Aeonium Arboreum)

    Também conhecida como “rosa negra”, essa espécie se destaca pela cor de vinho bem característica. No inverno, a planta produz pequenas flores amarelas, que criam um belo contraste com a folhagem.

    Por florescer melhor quando colocada no sol, é o tipo perfeito para ser plantado no jardim.

    FIQUE DE OLHO!

    Geralmente, quando vamos escolher a melhor espécie de suculenta para a nossa casa ou apartamento, levamos em conta a quantidade de sol que a planta precisa para se desenvolver perfeitamente.

    Mas fique atento! Quando ouvimos que determinada planta precisa de sol à vontade, não significa, necessariamente, que é capaz de lidar com temperaturas escaldantes.

    Por isso, tire um tempinho para observar suas suculentas sempre que possível, garantindo que estejam em perfeito estado.

    Gostou das dicas? Então, aproveite para acessar nosso blog ou entre em contato conosco diretamente pelo WhatsApp. Estamos prontos para tirar todas as suas dúvidas!